5 lições que Friends me ensinou sobre a vida



Friends é uma série americana que ficou mundialmente famosa e conquistou o coração de milhares de pessoas ao redor do mundo. Foi apresentada pela NBC entre 22 de setembro de 1994 e 6 de maio de 2004, com um total de 236 episódios e 10 temporadas.


A história gira em torno de 6 amigos, 3 homens e 3 mulheres, que enfrentam a vida e os amores em Nova York e amam passar o tempo livre na cafeteria Central Perk.


Cada personagem apresenta sua própria história de vida, dores e personalidade, e enfrentam os desafios do dia a dia com união e muito senso de humor. É muito fácil se apaixonar pelo conteúdo dessa história e se ver viciado a ponto de não conseguir esperar para ver o próximo episódio. A série é leve e divertida, e cada episódio com certeza rende boas risadas.


Como umas das minhas favoritas, não poderia deixar de compartilhar o que aprendi com Friends. E sim, além de divertida, essa série também tem muito para ensinar.


Então, nesse artigo, vou compartilhar as 5 lições que aprendi com Friends sobre a vida. Vamos lá?


1. A decepção vem das pessoas que amamos


E isso não é o fim do mundo. Essa frase pode parecer desanimadora, mas, se pensar bem, pode nos ajudar a entender que, uma hora ou outra, nossos amigos ou familiares vão errar conosco, assim como nós também acabamos errando com eles. Erros são humanos, todos nós erramos. E a decepção só vem das pessoas que amamos porque criamos vínculos e expectativas sobre elas. Não há como se decepcionar com alguém que você não conhece ou que não se importa com, porque as atitudes dessa pessoa não vão fazer uma real diferença para você.


Amor é vulnerabilidade, o que também significa abrir o coração esperando que o outro não nos magoe. Mas, por lado, também significa arriscar ser ferido e entender que as pessoas erram porque, de modo simples, são pessoas - vivendo suas próprias vidas, aprendendo com seus erros e tentando ser melhor.


Entender que todos nós erramos e que a decepção virá, uma ou outra, das pessoas que amamos pode nos ajudar a estar mais abertos ao diálogo e ao perdão. Até porque, nós também precisamos ser perdoados pelos erros que cometemos.


2. A vida não é exatamente o que planejamos, mas isso não a impede de ser muito boa


Uma das coisas que eu mais gosto na série é o fato de os personagens quase sempre precisarem readaptar os seus planos por conta de imprevistos. E gosto muito de ver como a vida deles seguem mesmo assim e como conseguem aproveitar o que há de bom apesar dos apesares.


E quantas vezes também já não tivemos que readaptar nossos planos por conta de imprevistos? Quando, por exemplo, acontece de chover bem naquela viagem que tanto esperávamos fazer no fim de semana, ou quando você acaba ficando doente mas queria muito ir na festa de despedida de um dos seus amigos que mora distante... as situações são infinitas. E acontece com nossos planos de vida também: pode ser que não conseguimos entrar na faculdade ou no trabalho dos sonhos, ter a experiência de um intercâmbio incrível aos 20 e poucos anos de idade, ter filhos, ter uma festa de casamento de tirar o fôlego... enfim.


Sonhamos muito e tudo bem sonhar. Mas, quase sempre, não conseguimos tudo aquilo que planejamos. E está tudo bem. A vida ainda reserva coisas muito bonitas, momentos que não planejamos mas que não trocaríamos por nada.


3. Nunca é tarde demais para seguir seus sonhos e encontrar a felicidade


Me lembro de vários momentos na série onde os personagens precisaram repensar suas escolhas ou se reerguer. Seja o Ross depois de seus 3 casamentos e divórcios, seja o Joey após perder seu papel na série de TV "Days of Our Lives" e ter que ir a luta novamente atrás de novos papéis, seja a Mônica terminando com seu amor Richard ao perceber que não poderia abrir mão de seu sonho de ter filhos...


Mas, um dos momentos, em especial, que me inspirou a escrever essa lição foi quando o Chandler, no auge de seus 30 anos, resolveu mudar de seu emprego estável, seguro e com bom salário para um estágio em uma agência de publicidade na equipe de redatores.


O que leva Chandler a fazer essa escolha é o fato de perceber que não era feliz em seu emprego atual. Estava perdendo momentos importantes e passava muito tempo distante de seus amigos por ter que ir e voltar de Tulsa (cidade do estado americano de Oklahoma, com 7 horas de distância até Nova York).


O ponto é que Chandler foi aceito no estágio na agência de publicidade e, por fim, encontrou um emprego que realmente gostava.


A lição importante aqui é: sempre há tempo de encontrar o que te faz feliz. E não há problema se perdeu seu emprego, acabou de sair de um divórcio ou está começando do zero atrás de seus sonhos, ainda há tempo. O que precisamos fazer é erguer a cabeça e seguir em frente.


4. A vida não é feita apenas de momentos bons e tudo bem


Tristezas e alegrias são coisas naturais da vida. Sei que isso parece óbvio, mas, às vezes, por conta de nossas tristezas, acabamos esquecendo dos momentos bons. O mesmo acontece quando tudo parece estar maravilhosamente bem e nos chocamos com momentos, sentimentos e emoções mais tristes.


Fato é que a vida é feita de ciclos e que, como humanos, vamos sentir todas as coisas que nos acontecem, sejam boas ou más. Porém, é preciso aprender a aproveitar os momentos felizes e dar espaço para a tristeza quando coisas ruins acontecerem. Tentar evitar a dor é uma das piores coisas a se fazer.


Como disse anteriormente, na série existem vários momentos onde os personagens sofrem perdas, enfrentam dificuldades e lidam com imprevistos. Mas o que é interessante é que eles se permitem sentir e estão juntos em todos esses momentos. Acho isso muito bonito.


Nós também precisamos nos permitir sentir e dividir essa dor com quem está aberto a nos ajudar, com quem nos quer bem. Assim, vai ser muito mais fácil respirar fundo e seguir em frente.


5. Um pouco de senso de humor é o melhor jeito de levar a vida


Friends ensina muito que não há como controlar o que acontece conosco, até porque, como já dito, a vida é certamente feita de imprevistos. E, se ficarmos estressados demais com todos os desafios, dificuldades e embaraços que acontecem no caminho, com certeza não vai demorar muito para entrarmos em loucura.


Pessoas erram, coisas dão errado, imprevistos acontecem... talvez, o jeito mais leve de "levar" isso tudo é adicionar um pouco de senso de humor. Como quando rimos dos vídeos de gatinho que pulam na cortina e acabam derrubando todos os móveis. Ok, esse foi um exemplo muito específico, mas é só para ilustrar que nem tudo precisa ser levado para o lado pessoal e que pode existir certa graça nas coisas que acontecem.


Se às vezes não desperdiçamos lágrimas ao chorar pelas coisas ruins, um pouco de risada não fará mal ao coração. Aliás, momentos ruins rendem boas histórias para contar.



E essas foram as 5 lições sobre a vida que aprendi assistindo Friends. Como uma das minhas séries favoritas, super indico a você, leitora ou leitor, que confira alguns episódios - há um risco de você se apaixonar!





2 visualizações
Principais Categorias
Pesquisar por Tags
Posts em Destaque